Publicado em Textos

Nunca um fim, mas sempre um recomeço.

Olá lindinhos!!

Me chamo Thamires, sou amiga da Laís a mais ou menos um ano. Ela me convidou pra compartilhar meus textos e eu aceitei. Vim despertar esse lado um pouco triste e sentimental de vocês, além dedar dicas sobre séries e livros. Mas vamos com calma porque ainda sou nova nesse lance de “blogueirinha”. Pretendo postar textos que abordam situações ou sentimentos que muitas pessoas passaram ou vão passar um dia. Não há exatamente um cronograma para as minhas postagens, pois faço faculdade de arquitetura, então fica tudo um tanto corrido e complicado pra mim. Mas prometo estar aqui sempre que possível.

Para o primeiro texto, deixei minha reflexão sobre um assunto que assusta muita gente: “O fim”e sobre não ter medo dele. Espero que gostem e que compartilhe suas ideias e sentimentos comigo.

WhatsApp Image 2017-04-19 at 11.38.55

Esse texto não é especificamente sobre o amor. Não é sobre amizade e muito menos sobre alguém. É um texto sobre “seguir em frente”. Na verdade ele se trata sobre alguém, e esse alguém é você. Esse texto é sobre si mesmo e sobre deixar alo pra trás. Sobre superar. Sobre seguir o percurso natural da vida que é ir sempre para a frente.

Qualque história seja ela de amor ou de amizade, tem um começo, meio e fim. Ler a palavra fim apavora as pessoas, eu sei. Mas se tem algo que aprendi nos ultimos anos tentando lidar com o fim de muitas coisas na miha vida, é que o fim vai chegar, quer você queira ou não, quer você esteja preparado ou não. Ele simplesmente vai aparecer. Você vai chorar, não vai aceitar, vai ficar mal e se perguntar um milhão de vezes o que deu errado. O que você fez de errado? Porque Deus ou qualquer outra entidade da vida fez isso… Mas mesmo sabendo que não existe uma resposta certa. Mesmo sabendo que a culpa não é de Deus ou qualquer outra entidade que seja, a culpa não é sua. A culpa na verdade não é de ninguém a não ser do próprio fim.

Depois de ler muitos livros de romance e querer insistentemente acredita no “eterno”, aprendi que o eterno é ilusão. Veja só, não estou querendo te desiludir, destruir o coração de alguém e muito menos dizer que eu não me apaixone ou não amo intensamente alguém a ponto de fazer planos ou imaginar um futuro. Mas é tolice acreditar que tudo é pra sempre, sendo que nem a vida é pra sempre.

Algumas pessoas tem medo do fim. Eu, aprticularmaente, tenho medo de que as coisas não tenham um fim. Porque imaginar a vida sem um fim, não haveria sentido recomeçar e nem para acreditar em algo. O fim é algo que doi, machuca e muitas vezes nos faz pensar em fracasso. No entanto ele nos mostra o porque devemos começar, por onde começar e porque é bom começar.

Emtão se seu relacionamento, amizade, estudos, emprego, ou qualquer outra coisa chegar ao fim, levante a cabeça e recomece. Alias, depois de um ponto final sempre tem um novo paragrafo a ser escrito. Aproveite e escreva novas histórias, novos sorrisos, novos sonhos e não tenha medo de recomeçar. A vida é um eterno recomeço.

  • Thamires Thaylle

 

Anúncios

2 comentários em “Nunca um fim, mas sempre um recomeço.

Deixe seu comentario

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s